ESTAMOS PERDENDO TEMPO e vidas.


A quarentena HORIZONTAL não está funcionando como defendem seus postulantes, estão AMONTOANDO os mortos (os EUA dobrou o número de mortos nos últimos 3 dias - agora 4000 mortos)

e querem nos convencer que a diminuição dos infectados seria um indicativo de que a Epidemia estaria em decréscimo!

😲

... CLARO que os novos infectados vão começar, em determinado momento, a diminuirem em número, 

POIS cada dia teremos menos pessoas A SEREM ALCANÇADAS 

... à medida que a população SE INFECTA e um grande número de pessoas ganha imunidade natural, MENOS PESSOAS existirão para serem infectadas. 

😲

... CLARO que o número de mortos vai começar, em determinado momento, a diminuir, NÃO VAI SOBRAR IDOSO para contar história!


A única diferença entre o modelo VERTICAL e o modelo HORIZONTAL, é que o modelo horizontal está imunizando naturalmente os mais jovens 

ÀS CUSTAS DAS VIDAS DOS MAIS IDOSOS.


Prender os idosos dentro de casa JUNTO COM os jovens 

NÃO OS ESTÁ PROTEGENDO DA MORTE, 

ESTÃO MORRENDO FEITO FORMIGAS no mundo todo.

 

No modelo vertical, INCLUSIVE, 

o jovem SE DISTANCIA do idoso O DIA TODO 

= MENOS CONTATO, MENOS CONTAMINAÇÃO

... hoje, o jovem e o idoso passam o dia todo juntos... se for verdade que o número de assintomáticos é maioria, então essa é a receita para o extermínio dos maiores de 60 anos.


A proposta da quarentena VERTICAL é imunizar naturalmente os mais jovens e BLINDAR OS MAIORES DE 59 ANOS

(quiçá também os entre 40 e 59 anos)

...e não, incentivá-los a SE ESCONDEREM junto aos idosos (porque é isso que está sendo feito).

Alguém conhece a estatística que informa quantos idosos foram imunizados naturalmente? - NÃO FORAM, MORRERAM.


Não fizeram contenção aeroportuária QUANDO DEVERIAM, facílima se comparada com essa contenção TERRENA-RESIDENCIAL que não incorpora a comunidade pobre...

é hora de pensar na quarentena vertical, enquanto é tempo, depois que os idosos forem exterminados, aí não adiantará mais.


Dr. Djalma Duarte 

Cremeb 8072

Via Facebook

Categoria:noticia

Deixe seu Comentário